5 / novembro / 2019 |

A importância dos EPIs

O PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) é o documento que diz quais os riscos os trabalhadores de determinadas áreas estão expostos, e nele também deve conter a relação de EPIs que os colaboradores de cada setor da empresa devem, obrigatoriamente, usar.

E se o empregado se recusar a usar o EPI ou se a empresa identificar que o empregado não está usando o EPIs de maneira correta?

Primeiramente, é de suma importância conscientizar todos os colaboradores da importância do uso dos EPIs para a própria proteção da saúde do trabalhador. Caso o colaborador insista em não utilizar o equipamento, o empregador deve discipliná-lo aplicando advertências, suspensões e até a mesmo uma dispensa por justa causa.

Leia também: Como aplicar justa causa de maneira segura

Documentação

É imprescindível que a empresa guarde juntamente com a documentação de cada colaborador, a cautela de EPI, ou seja, o documento que comprova que o empregado recebeu todos os equipamentos de proteção individuais necessários ao bom desempenho de suas tarefas.

Portanto, conscientize o colaborador da importância do uso dos EPIs, fiscalize a utilização dos mesmos e tenha todos os documentos necessários para comprovar quais são os EPIs que cada funcionário deve usar para evitar processos judiciais de acidente de trabalho ou de doenças ocupacionais.

Autor
Dr. André Almeida